FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE ENSINO BÁSICO PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO COM ÊNFASE NA PREPARAÇÃO PARA A PROVA BRASIL

Comprar agora

Categoria:

1. INSTITUIÇÃO PROMOTORA DO CURSO:
– Oficina Educacional

2. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO

Carga Horária do curso: 70 horas
Duração total: 4 a 5 meses
Período e Periodicidade: Aos sábados alternados ou em dias da semana à noite (em datas estabelecidas).
Número de Vagas: 40 por turma
Modalidade: Híbrida (encontros presenciais e remotos)

3. CALENDÁRIO
A ser definido com as respectivas secretarias.

4. JUSTIFICATIVA
A Prova Brasil foi criada com o objetivo de avaliar a qualidade de ensino das escolas públicas localizadas nas regiões urbanas. Conhecida como uma avaliação voltada para as habilidades em Língua Portuguesa (foco em leitura) e Matemática (foco na resolução de problemas) avalia estudantes do ensino fundamental do 5o e 9o ano (antiga 4a e 8a séries). As provas por serem aplicadas no final desses ciclos (5º e 9° anos) permitem analisar em que condições os alunos estão finalizando tais etapas de ensino.
Considerando que a Prova Brasil tem como principal meta identificar o desempenho das escolas públicas e suas respectivas turmas de alunos, o ideal é que todos os educadores que estejam envolvidos nessa missão dediquem-se ao estudo da avaliação originada em 2005, constatando o que e por que o aluno não aprendeu. Vale ressaltar a importância do indivíduo em compreender e passar por testes, visto que são instrumentos de gestão extremamente necessários para a melhoria da qualidade de ensino.
Definido como Índice de Desenvolvimento da Educação básica (IDEB) é um indicador criado em 2007, que tem a função de combinar as notas do exame Prova Brasil, aplicado a crianças do 5o e 9o ano, ao rendimento escolar. O cumprimento das metas do IDEB por municípios, estados e escolas implica no recebimento de verbas, o que provoca que os resultados da Prova Brasil sejam tão importantes para o município.

5. OBJETIVOS

Oferecer aos educadores referências e conhecimentos que atendam às demandas da Educação atual, com ênfase nas práticas didáticas e nos métodos de planejamento e avaliações educacionais que possibilitem melhorias na aprendizagem e, consequentemente, nas preparações dos alunos de ensino público para a PROVA BRASIL.
A intenção primordial do Curso é formar os professores para promoverem atividades didáticas envolventes e atraentes para que os alunos consigam aprimorar as suas aprendizagens e, com isso, potencializar os resultados do IDEB do município.

6. DIFERENCIAIS DO CURSO
– Equipe de professores especializada e experiente no uso das metodologias ativas.
– Disciplinas modernas e focadas na prática de metodologias ativas;
– Aulas participativas nas quais se aprende a fazer uso das ferramentas e do método na prática.
– Plataforma de ensino à distância e abordagens das mais modernas do mercado.

7. PÚBLICO-ALVO
Professores e educadores do ensino público e básico.

8. COORDENAÇÃO DO CURSO
Professor Bruno Batista

9. PROGRAMA

Disciplina ou atividade de aprendizagem e o trabalho final que deverá ser apresentado Carga Horária Encontro Presencial/mês Docente Titulação docente
Aula magna (Presencial e gravada) 2 horas Max Franco Me
1. Novas tecnologias na educação 8 horas Janmes Wilker Esp.
2) Metodologias ativas 8 horas Max Franco Mestre
3) Planejamento 8 horas Bruno Batista Esp
4) Avaliação 1 (teorias e abordagens) 8
horas Bruno Batista Esp.
5) Psicologia da adolescência 8 horas Renata Forti Esp.
6) Métodos de ensino para Prova Brasil 8 horas Prof. Gleilson Leitão
7) Habilidades socioemocionais 8 horas Marcelino Viana Mestre
8) Avaliação 2 (produção e resolução de item em Língua Portuguesa)* 8 horas Profa. Viviane Chaves
9) Avaliação 2 (produção e resolução de item de matemática)* 8 horas Profa. Keila Leitão
Total 70 h

* O professor pode optar por Língua Portuguesa ou Matemática.
10. METODOLOGIA DE ENSINO-APRENDIZAGEM

O Curso prevê a realização de avaliações para cada disciplina conforme a orientação dos respectivos professores. As notas administradas podem variar de zero (0) a dez (10) e a nota mínima para se verificar êxito é sete (7). As avaliações podem ser tanto exames como trabalhos.
Sugere-se que as aulas ocorram com a periodicidade semanal com quatro (4) horas de duração ou aos sábados alternados, mas com a duração de 8 horas por encontro.
As aulas ocorrerão pelo modal online síncrono, mantendo-se gravadas para acessos posteriores. O professor da disciplina disponibilizará conteúdos didáticos de apoio no ambiente de suporte à aprendizagem adotado para o desenvolvimento dos cursos é a plataforma. É requisito obrigatório, em todas as disciplinas ou atividade de aprendizagem, a utilização do ambiente virtual, as quais ficarão sob encargo dos docentes da Instituição.
Ao menos 20% das aulas devem ocorrer de modo presencial e o calendário destes eventos será alinhado com as respectivas secretarias.
Os professores gozam de plena liberdade no desempenho de suas funções docentes, quanto às estratégias de ensino, análise e críticas das doutrinas e opiniões científicas.
Será considerado(a) aprovado(a) o(a) aluno(a) que atingir em cada disciplina ou atividades de aprendizagem, a média igual ou superior a 7,0 (sete). O aluno que não atingir a média 7,0 (sete) poderá requerer Prova de Recuperação à coordenação do curso.
Caso o(a) aluno(a) não realize alguma avaliação, a data da Prova de Recuperação será agendada pela Coordenação até o final do curso.
A frequência mínima é de 75% das aulas presenciais em cada disciplina. Os alunos devem justificar e comprovar os motivos da falta.

11. CERTIFICAÇÃO

O certificado de Conclusão de Curso emitido pela Oficina Educacional.
Os certificados de conclusão de cursos serão acompanhados dos respectivos históricos de notas.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE ENSINO BÁSICO PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO COM ÊNFASE NA PREPARAÇÃO PARA A PROVA BRASIL”

O seu endereço de e-mail não será publicado.